Aprenda a entender os sinais de alerta que o corpo manda quando você não está fazendo a coisa certa ao praticar uma atividade física.

sinais do corpo

YOGA e PILATES estão entre as modalidades de exercícios mais seguras porque não causam impacto; no entanto, não pense que as posturas são fáceis e inofensivas. Se forem mal executadas, podem causar, a médio e longo prazo, dores musculares, distensões ou até mesmo agravar uma lesão pré-existente.

O ideal é ficar no limite da dor e do conforto. “Se a respiração não estiver fluindo bem durante o exercício, é sinal de que você está próximo do seu limite e, consequentemente, da dor”.

Se você é um iniciante, se não pratica exercícios físicos há tempos, qualquer que seja a atividade irá causar dores musculares no dia seguinte podendo se prolongar até mais dois dias, até porque o nosso organismo precisa de um tempo para se adaptar a novos esforços.

No sistema muscular, irá ocorrer microrrupturas nos grupos musculares solicitados durante o exercício e acúmulo de ácido láctico, gerando no organismo um processo de defesa que leva a um processo inflamatório. Além da parte muscular, você também irá sentir novas adaptações em outros sistemas como o metabólico, o cardiovascular, etc.

Se você fizer o mesmo treino por um determinado período (em média de 2 a 3 meses) o seu organismo irá se adaptar a intensidade do exercício feito e esta dor irá desaparecer aos poucos. Mas sempre que você fizer exercícios físicos ou atividades físicas diferentes ou aumentar a intensidade dos exercícios que já está fazendo ou ainda ficar um tempo sem fazer os exercícios e voltar aos mesmos proporcionando novos estímulos ao corpo, esta dor aparecerá.

Não se esqueça de fazer alongamento antes e depois dos exercícios, de avisar o professor sempre que se sentir desconfortável ou com dor e principalmente de observar e respeitar os seus limites.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.